sexta-feira, agosto 19

EAP RESPONDE: COMO FIXAR NA MEMÓRIA O QUE ESTUDAMOS!

Olá colegas concurseiros e estudantes de modo geral...
Hoje falaremos de um tema muito pertinente e que por vezes passa despercebido pelos estudantes... O ESQUECIMENTO E A FIXAÇÃO DO ESTUDOS!
De início, na preparação para concursos públicos, temos que ter a preocupação em avançar nos conteúdos do programa de estudos, mas sem perder de vista o que foi estudado anteriormente . Ou seja, avançar nos nossos estudos sem esquecer o que ficou para trás. Esta preocupação é fundamental e chega a incomodar alguns candidatos. E envolve a resposta à seguinte indagação: como avançar nos estudos sem esquecer o que já foi estudado?
De antemão já enfatizo que todas essas dicas só fazem sentido e terão eficácia se você estiver estudando de forma programada, com um compromisso diário e seguindo um objetivo.

E sobre seguir um objetivo, destaco que a preparação para concursos públicos deve pautar-se por dois objetivos fundamentais, um mediato e outro imediato. 
O objetivo imediato, que corresponde ao fim maior, consiste na aprovação, ao passo que o objetivo imediato, mais direto e que viabilizará a aprovação, consiste na apropriação intelectual e cognitiva dos conhecimentos e informações passíveis de cobrança no momento da prova.

Portanto, para o candidato de alto rendimento, que conta com a planificação e monitoramento dos seus estudos, significa manter a disponibilidade do que já foi apropriado na medida em que avança no seu plano.

E fazer sempre esse link do que foi estudado com os novos conteúdos que estão em estudo é muito importante, de modo a não tornar o estudante vítima da curva de esquecimento.

Assim, para manter esse link entre tudo que você estudos e do que está estudando, você deve antes de retomar (para avançar) o ponto de uma matéria, rever o ponto anterior. 

Durante esse processo temos a influência da aprendizagem e da memória.
A aprendizagem envolve a apropriação e disponibilidade intelectual da informação, para tanto, a memória conta com um papel fundamental, já que consiste numa função cognitiva primária, ao passo que a aprendizagem consiste numa função cognitiva secundária.

Dessa maneira, apesar da memória ter um papel relevante, tal papel consiste apenas numa parte do processo. É importante destacar que temos as memórias de longo prazo e curto prazo, as quais envolvem mecanismos e finalidades distintas.

Diante disso podemos concluir que, na medida em que avançamos nos estudos, se tivermos a disponibilidade da informação estudada enquanto memória de longo prazo, minimizamos o esquecimento.
 
Com isso, esta ideia deveria passar a ser um norte conceitual pelo candidato. Ou seja, neutralizar a curva de esquecimento a partir da eficiência dos estudos, procurando se apropriar das informações enquanto memórias de longo prazo. A ideia de revisar os conteúdos anteriormente estudados antes de começar os novos consistia numa estratégia voltada à transformação da informação em memória de longo prazo.
A repetição consiste num dos caminhos a serem adotados.

Como técnica para buscar um estudo mais eficiente, temos a planificação dos estudos como uma das chaves da aprendizagem e com a utilização de três êxitos conceituais da preparação (planejamento, aprendizagem e gestão emocional), sem atribuir escala de importância.

Dessa forma, sintetizando as estratégias voltadas à neutralização da curva de esquecimento, podem ser adotados os seguintes caminhos:
  • rever as informações estudadas (conteúdos correspondentes a cada matéria) ao longo da execução do planejamento (da 1ª Fase de Preparação);
  • parar a execução do planejamento (da 1ª Fase de Preparação) para a realização de revisões;
  • concluir a execução do plano (da 1ª Fase de Preparação), para depois promover a revisão;
  • revisões de véspera de prova.
Esclareço que enfatizei estratégias voltadas à 1ª Fase da Preparação, pois a revisão consiste num dos objetivos táticos da 2ª Fase de Preparação.

Adotando a estratégia de rever a matéria anterior antes de iniciar novos conteúdos, sugiro que o faça após iniciar o estudo da nova matéria, seja parando durante o turno de estudo ou ao final. Digo isto pois, segundo recentes estudos da neurociência, o contato com o conhecimento novo tende a ativar funções e áreas cerebrais que colaboram com a fixação da informação antes apropriada.
Então, em resumo, busque a seguinte estratégia/organização:
1 - Selecione a disciplinas básicas e presentes na maioria dos concursos: Português, Matemática/R.Lógico e Informática; e as distribua em um cronograma para um estudo diário:
Segunda das 14 às 15 - Português; das 15 às 16 Matemática.
2 - Se tiver focando algum concurso específico, distribua em seu cronograma as disciplinas específicas geralmente cobradas de acordo com editais anteriores.
3 - Destine mais dias e tempo em seu cronograma para disciplinas mais cobradas e suas prova ou as que você tem mais dificuldade.
4 - Ao estudar, faça resumos e anotações. Pesquise os termos e palavras que não entender. Não siga com dúvidas.
5 - Faça diversas questões de concursos para ir testando seu conhecimento e vá anotando seus resultados e anotando os pontos que tem mais dificuldade para revê-los.
6 - Antes de passar para  um assunto novo, revise o anterior; e quando for seguir para outro assunto, revise os dois anteriores e assim sucessivamente... 
Dessa forma, você terá um estudo com disciplina, eficiência, criará um habito e fugirá da curva do esquecimento.

Não faça como o ÍCARO:
Wesley França: Professor e Coordenador do EAP Cursos/EAPCON, Servidor Público Federal, Pós graduado em Direito Previdenciário, Administrativo e Constitucional, concurseiro, escritor amador e editor do site.     
*Baseado em estudos do profº Rogério Neiva!


Para te ajudar a trilhar o caminho da aprovação, temos cursos teóricos com diversas questões.

  Conheça o novíssimo material EAPCON - DESCOMPLICANDO O DIREITO é composto pelo conteúdo específico de D Constitucional cobrado nos concursos policiais e Tribunais:

* CURSO DIREITO COMENTADO (Valor R$20,00): 
Artigo 5º da CF (Direitos e Garantias Fundamentais) - totalmente comentado em linguagem acessível! E o Art 144 da CF (Da Segurança Pública) - totalmente comentado!
* CURSO QUESTÕES COMENTADAS (Valor R$20,00): Todas as questões de D Constitucional aplicadas pela banca AOCP (que fará o concurso da PMCE) devidamente comentadas, destacando o que mais cai em concursos e com dicas!
 
* CURSO ATUALIDADES PARA CONCURSOS + LISTA DE QUESTÕES - 2016 (Valor R$20,00): 
Os assuntos mais cobrados na disciplina de atualidades cobrada em concursos como PM-CE entre outros. 
 

COMO ESTUDAR PARA O CONCURSOS?
No EAP Cursos - EAPCON temos turmas para ÁREA POLICIAL, ÁREA ADMINISTRATIVA, TRIBUNAIS, PREFEITURAS, ETC!
Os cursos abordam as disciplinas e assuntos cobrados em concursos:
  • Português - Professor Levi
  • Matemática - Professor Rivaldo
  • R.Lógico - Professor Rivaldo
  • Conhecimentos Específicos (Direito) - Professor Wesley
  • Informática - Material e suporte online
Fornecemos material didático atualizado com lista de questões e suporte online por email, grupos do whatsapp, facebook e site!

NO EAP CURSOS TEMOS AULAS DAS DISCIPLINAS COBRADAS NO EDITAL: JÁ FORMAMOS TURMA - AINDA DÁ TEMPO COMEÇAR!


VALORES:  
 
✅BÁSICAS: R$50 (Português, Matemática e R.Logico)

PM/BOMBEIRO: R$80 (Português, Matemática,  R.Logico, Informática e D. Constitucional)

TJ/UFAL/IFAL:
R$80 (Português, Matemática, R.Logico, Específico e D.Constitucional

DISCIPLINAS ISOLADAS:Básicas:20; Específicas/Direito: 30



HORÁRIO DAS AULAS -  SÁBADOS - NO CERU:
  • D.ADMINISTRATIVO/ADM.PÚBLICA -  DAS 17 ÀS 18HR
  • D.CONSTITUCIONAL - DAS 18 ÀS 19HR
  • PORTUGUÊS - DAS 19 ÀS 20HR
  • MATEMÁTICA - DAS 20 ÀS 21HR
  • R.LÓGICO - DAS 21 ÀS 22HR
 Onde faço a matrícula ou como adquiro o material?


Ou 

Compareça aos sábados no Ceru - Escola Coronel José Abílio (local das aulas), das 17hr às 22hr! 


Falar com um dos Coordenadores (Wesley ou Rivaldo)
Se você não está disposto a arriscar, esteja disposto a uma vida comum.” (Jim Rohn)

segunda-feira, agosto 15

VEJA QUAL O ORIENTAÇÃO DO MPPE PARA A REALIZAÇÃO DE CONCURSO EM CIDADES COMO BOM CONSELHO-PE E TEREZINHA-PE E COMO VOCÊ PODE CONTRIBUIR PARA ACABAR COM ESSE DESCASO!

 Olá colegas concurseiros...
Nossa função não é de apenas fornecer notícias, dicas e orientações de estudos para concursos. Vai além disso!


Lutamos para que surjam oportunidades de concursos públicos em todos os órgãos e entes do Governo. E principalmente quando tais oportunidades não ocorrem em nossa região.

Esse é o caso dos esperados e demorados concursos para as Prefeituras de Bom Conselho-PE e Terezinha-PE.
Já escrevemos sobre o tema nos links abaixo:


Veja quando ocorreram os últimos concursos:
  • Prefeitura de Bom Conselho-PE: Ano de 2007
  • Câmara de Vereadores de Bom Conselho-PE: Ano de 2003
  • Prefeitura de Terezinha-PE: Ano de 1999
  • Câmara de Vereadores de Terezinha-PE: NUNCA foi realizado.
Claramente fere os princípios da legalidade (devido as diversas contratações sem concurso), da igualdade (por não fornecer igualdade de oportunidades à população) e da impessoalidade (pois é evidente e constatável que preferem contratar pessoas por algum vínculo pessoal/político).

Confiram na íntegra toda a notícia direta do site do Ministério Público de PE datada de mais de um ano. E até agora não foram tomadas as devidas providências.

27/04/2015 - Em defesa da exigência constitucional da prévia aprovação em concurso para investidura em cargo ou emprego público, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou aos prefeitos e presidentes das Câmaras de Vereadores dos municípios de Bom Conselho, Dannilo Vieira e Léa Ramos, e de Terezinha, Alexandre Martins e Leno Soares, que adotem as providências cabíveis para adequar os quadros funcionais do Executivo e Legislativo municipais.
O MPPE também enviou convite aos gestores para que compareçam à sede da Promotoria de Justiça de Bom Conselho no dia 4 de maio, onde o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público e Social (Caop Patrimônio Público), Maviael de Souza Silva, vai buscar a cooperação dos municípios por meio da assinatura de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs).
O MPPE abriu inquéritos civis para apurar as irregularidades no quadro de servidores de Bom Conselho e Terezinha. Nas duas cidades, comprovou-se a prática de contratação temporária para o exercício de funções de natureza permanente, em desrespeito ao que estabelece a Constituição Federal.
A atuação do MPPE no caso busca resolver de forma extrajudicial as irregularidades cometidas, garantindo que os municípios abram concursos públicos para preenchimento dos cargos efetivos cujas funções estão sendo exercidas por servidores temporários. Caso as ilegalidades não sejam corrigidas, poderão acarretar o ingresso de ações de improbidade administrativa contra os referidos agentes públicos.
A situação mais crítica é o de Terezinha, onde o último concurso público realizado pelo Executivo municipal ocorreu no ano de 1999. Desde então, o número de servidores temporários ou comissionados cresceu a ponto de superar o total de efetivos. O prazo estabelecido pelo MPPE para a adequação do quadro funcional e abertura do concurso é de 180 dias. No caso da Câmara dos Vereadores de Terezinha, não existem sequer informações sobre a data do último concurso. O presidente da casa tem 90 dias para abrir concurso para os cargos vagos.
Em Bom Conselho a irregularidade se repete. Segundo o que foi apurado pelo MPPE, o último concurso para a prefeitura foi em 2007 e, para a Câmara de Vereadores, em 2003. Porém, mesmo com a realização das seleções, a exigência do provimento de cargos por meio de concurso virou exceção e não regra. Os prazos para a abertura dos concursos são os mesmos, de 90 dias para o Legislativo e de 180 para o Executivo.

VEJA O LINK DIRETO DO SITE DO MPPE:

Esperamos que os gestores de tais órgãos se pronunciem em respeito não só aos estudantes, como também a toda a população.

Que firmem esse compromisso de realização do concurso!

Em contato com o MPPE aguardamos mais informações...

Ajudem a compartilhar para continuarmos firmes nessa saga em busca do distante EDITAL...
 
Wesley França: Professor e Coordenador do EAP Cursos/EAPCON, Servidor Público Federal, Pós graduado em Direito Previdenciário, Administrativo e Constitucional, concurseiro, escritor amador e editor do site.     

        Mais informações sobre concursos públicos:


Ou 

Compareça aos sábados no Ceru - Escola Coronel José Abílio (local das aulas), das 17hr às 22hr!
 

Se você não está disposto a arriscar, esteja disposto a uma vida comum.” (Jim Rohn)